Dinheiro é o que não falta
Pro axé, pra putaria
Mas pra acabar a agonia
De quem busca água na lata
Ninguém acaba a mamata
Dos cachês dos donatários
Desse auê milionário
Que se chama Micareta
E que vivem da mutreta
De enganar os otários

(Zé Vaqueiro da Feira)