Vem do site Revolução eBook (via The Guardian) a notícia mais maravilhosa do mundo literário dos últimos meses: uma rede de livrarias australiana, a Pages & Pages, está fazendo uma campanha contra o Kindle, o mais famoso leitor eletrônico do mercado.

Fui averiguar a notícia e encontrei um link que explica melhor a campanha: ela consiste em donos de Kindle trocarem seus aparelhos pelo e-reader que a P&P vende, que é o BeBook. A ação acontece no terceiro sábado de cada mês. Quem desistir do Kindle – “jogando-o fora” em uma das lojas da P&P – ganha um crédito de 50 dólares australianos.

Rafael Rodrigues

Leia o texto completo, acesse: Paliativos