Os vereadores de Feira de Santana estão ‘indignados’ com as palavras de João Borges ditas na rádio Subaé ontem acerca de projetos que são votados no Poder Legislativo da cidade.

Na sessão de hoje, segundo o site Bahia na Política, a referência de Borges ao presidente da Câmara, Justiniano França chamando-o para um ‘duelo’, uniu todos os vereadores contra o empresário.

‘Até mesmo os da oposição como o vereador Pablo Roberto, do PT – destaca a repórter Karoliny Dias.

A ‘solidariedade incondicional’  a Justiniano é uma reação puramente corporativista e despropositada.

Os vereadores interpretaram o ‘duelo’ ao ‘pé da letra’ e tomaram como uma ameaça.

A fala de Borges foi sobre um projeto de lei sobre estacionamentos. Borges é dono de um dos maiores estacionamentos da cidade.

(Jânio Rêgo)