DSC07305As Comissões de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil e Arquidiocese de Feira de Santana estão acompanhando de perto as investigações sobre o assassinato de Sâmio Silva, cujo corpo foi encontrado esquartejado em uma lan house.

Nesta quinta-feira, 6, a missa das 11 horas na igreja Senhor dos Passos, no centro da cidade, foi dedicada também á memória da vítima.

Parentes, familiares e amigos de Sâmio estiveram na igreja mas não houve nenhuma manifestação.

Leia também:

Polícia de Feira mantém sigilo sobre a causa do ‘crime na lan house’

Mãe da vítima reforça tese de ritual macabro no ‘caso da lan house’