As centrais sindicais e os movimentos sociais que organizam o ‘Dia Nacional de Luta’ em Feira de Santana, nesta quinta-feira, 11, incluíram a redução da tarifa do transporte público, passe livre e uma CPI na Câmara de Vereadores para os Transportes Públicos da cidade.

Além disso pedem um Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e a redução da taxa de iluminação pública reajustada há poucos dias pela Prefeitura.

Está programada uma manifestação defronte ao Paço Municipal Maria Quitéria e o fechamento temporário das principais entradas da cidade, as BRs. A expectativa é de que o comércio também funcione apenas parcialmente. Os bancos não vão funcionar.