A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou reunião pública, no Hotel Ibis, na tarde desta terça-feira, 23, para discutir a implantação de uma ferrovia ligando Belo Horizonte, em Minas Gerais, a Candeias, na Bahia.

O traçado da estrada contempla 22 municípios baianos, inclusive Feira de Santana e faz parte do Programa de Investimentos em Logística (PIL), do Governo Federal, lançado no ano passado.

A ferrovia terá extensão de 11 mil quilômetros e resultará em investimentos da ordem de R$ 100 bilhões. A empresa que ganhar a concessão tem cinco anos para construí-la e 30 anos para explorá-la, revelou Jean Mafra, superintendente de Infraestrutura de Transportes e Cargas da ANTT.

O secretário de Planejamento Municipal, Carlos Brito, representou o prefeito José Ronaldo na reunião e entregou à ANTT uma cópia do novo perímetro urbano de Feira de Santana após a criação de mais 6 bairros.DSC08189