O secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária de Feira de Santana,  Sandro Ricardo Espírito Santo, protocolou na tarde desta terça-feira, 12, um pedido de investigação no Ministério Público Federal (MPF) sobre possíveis fraudes no programa Minha Casa, Minha Vida, denunciadas em reportagem do jornal Folha do Estado.

O documento entregue visa incitar o MPF a ouvir os envolvidos no caso e instaurar um inquérito, através da Polícia Federal.O deputado federal Colbert Martins também movimentou-se em Brasília nesse mesmo sentido.

Sandro disse que se for detectada a participação de algum funcionário da Secretaria, o Governo Municipal tomará as providências administrativas cabíveis.