A morte do radialista  Virgílio Porto comoveu  Feira de Santana, principalmente as pessoas ligadas ao mundo esportivo da cidade ao qual Leguelé, como era conhecido, era profundamente vinculado pela crônica esportiva e a paixão pelo Fluminense de Feira, o Touro do Sertão.

O corpo do radialista foi velado no Centro de Velório Gilson Macedo e sepultado  no Cemitério Jardim Celestial.

“Leguelé” estava internado há algumas semanas no Hospital Unimed, e morreu na manhã desta quarta-feira, 15,  em decorrência de um câncer no fígado.

Com passagem principalmente pela Rádio Subaé AM, Virgílio Porto  integrou a equipe de esportes da emissora, com passagem também na área policial.