baraúnaA Baraúna  já era centenária e encontrava-se  na ‘trincheira do tanque’ da Fazenda que foi desapropriada para lá se instalar mais um Campo do Gado em Feira de Santana, na década de 80.

Com a construção das edificações do ‘Complexo e Matadouro Campo do Gado’, a velha Baraúna (Melanoxylon brauna) permaneceu imponente no meio dos currais de negócios da tradicional feira de gado.

Suportou o excesso de estrume e uréia por muitos anos mas no ano passado passou a perder a seiva e secar os galhos, até morrer este ano e deixar de fazer parte da paisagem da feira do gado em Feira de Santana.

DSC00892