Em texto assinado pelo vice-presidente da Fundação Senhor dos Passos, de Feira de Santana, Carlos Brito, a instituição denuncia o ‘abandono’ do único templo católico da cidade tombado pelo Patrimônio Histórico, em um informativo distribuído esta semana nas paróquias da Arquidiocese de Feira de Santana.

Carlos Brito propõe uma ‘campanha’ entre os católicos do Município  “para trazer de volta o esplendor de nossa Igreja de Nossa  Senhora dos Remédios’. 

A igreja pertence à Paróquia de Senhor dos Passos, cujo pároco é o monsenhor Luiz Rodrigues que, embora não citado no texto, é o responsável pela administração do templo.

“Apesar  de não termos a posse e nem a propriedade da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, entendo que é de responsabilidade de todos nós católicos, a preservação de nossos templos”, escreve Brito.

A última restauração da Igreja dos Remédios aconteceu em 1998 e foi conduzida pela própria Fundação Senhor dos Passos em um processo que teve a participação política do atual prefeito José Ronaldo e é relatado com detalhes.

Leia também:

Senhor dos Passos prepara Jubileu de Ouro com paroquianos divididos