luiz almeida– “É o doutor Luiz Almeida?
– Sim, com quem falo?
– Aqui é o deputado Luiz Eduardo Magalhães. Desculpe-me estar ligando para sua residência a essa hora, mas é que dona Yeda Barradas Carneiro, que me forneceu o número do seu telefone, informou-me poder encontrar o doutor João Durval Carneiro aí em sua residência.Ele está? Gostaria de falar com ele”

Esse  diálogo que retrata um dos momentos vividos por João Durval Carneiro após a morte do candidato a governador da Bahia em 1982, Clériston Andrade, está no livro “João Durval, um construtor de caminhos“, do escritor Luiz Almeida, lançado recentemente pela editora Shekinah.

Luiz Almeida escreveu um livro com mais de 400 páginas sobre a vida de João Durval,  “aquele menino de Ipuaçu, que aos 10 anos de idade, trabalhara etiquetando os fardos de fumo do armazém do pai, na rua de Aurora…“,

Trabalho de pesquisa, baseado em ampla bibliografia, material de consulta além de fotos,  depoimentos de familiares, amigos e contemporâneos do ex-senador que foi também prefeito de Feira de Santana por duas vezes.Tem prefácio do desembargador aposentado, o escritor Raymundo Antonio Carneiro Pinto.

É um livro para se conhecer melhor a política baiana e seus bastidores, especialmente a de Feira de Santana.