licitaO prefeito José Ronaldo de Carvalho autorizou o Departamento de Licitação e Contratos da Prefeitura Municipal a abrir o processo licitatório internacional que vai definir a empresa que vai explorar, durante 35 anos, a implantação de uma nova tecnologia na iluminação pública de Feira de Santana, substituindo os 52.085 pontos de luz servidos por lâmpadas tradicionais, por lâmpadas LED ( Light Emitter Diode).

Por se tratar de uma licitação internacional, vai ao encontro da política de sustentabilidade implementada pelo Governo José Ronaldo, considerado um item fundamental, tanto pelas empresas privadas quanto pelo setor público.

Uma lâmpada LED tem garantia de dez anos de durabilidade e, eventualmente,  manifestando algum defeito, dentro deste prazo, a empresa responsável pela fabricação, por força contratual, se obriga a fazer a reposição sem nenhum ônus adicional ao contratante.

Além disso, uma luminária com tecnologia dos diodos emissores de luz é capaz de evitar a emissão de 0,4 toneladas de dióxido de carbono na atmosfera. Multiplique isso por milhares de pontos de luz em uma cidade e chegará a um montante significativo de gases que deixam de poluir nosso planeta.

O investimento (  que será arcado pela empresa que se sagrar vencedora da licitação, através de uma Parceria Público-Privada (PPP) com a Prefeitura Municipal)  está orçado em R$ 100 milhões, ao logo dos 35 anos.

José Ronaldo exultou a aprovação deste projeto pela Câmara de Vereadores, enaltecendo o fato de Feira de Santana vir a ser “ a cidade mais bem iluminada do Brasil, superando Belo Horizonte, onde apenas 30% do projeto foram concluídos”.

texto e foto: SecomFSA