educar-a-solucao-entrevista-com-teomar-soledade

O vice-diretor do Colégio Helyos, de Feira de Santana, Teomar Soledade, assina uma dura  ‘Nota de Esclarecimento’ divulgada nesta segunda-feira,13, sobre o episódio  relativo ao embargo à colocação de uma passarela entre dois prédios do educandário,  pela Prefeitura de Feira e pela Gerência Regional do Trabalho, fato amplamente divulgado  na semana passada.

Os esclarecimentos, diz o início da nota, são “em razão das notícias mentirosas, facciosas, propaladas por pessoas e órgãos de divulgação sabujos de interesses escusos, e a bem da verdade.

O professor Teomar afirma que houve o intuito de “promover publicidade negativa para o colégio”” e aponta a existência de “um conluio” da Prefeitura e Gerência do Trabalho com “a imprensa  malsã e descomprometida em ouvir as partes”.

Eles serão interpelados e responsabilizados na forma da Lei”, garantiu.

Nós acreditamos que a luta para combater a mediocridade, a inveja e a má índole tem um preço. Estamos dispostos a pagar por ele”, conclui.

Nas postagens abaixo você pode ler o teor de toda Nota do colégio.