images-3

O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM) já tem a autorização da Câmara de Vereadores para se ausentar do país por um período de 12 dias, em janeiro.

O Prefeito de Feira, segundo informações da Secom, vai aos Estados Unidos.

Durante a viagem assume o governo o vice-prefeito Colbert Martins Filho (PMDB).

Período de recesso legislativo e de férias escolares, a cidade fica praticamente esvaziada, sem muita movimentação política.

Mas não deixará de ser uma ‘prévia’ para o Vice que assumirá o governo definitivamente em março, caso se confirme a candidatura do Prefeito ao Senado da República.

Sobre o futuro governo de Colbert as ‘dúvidas’ e questionamentos já começaram a surgir.

Uma delas  diz respeito à capacidade financeira da gestão Colbert e partiu do radialista Dilton Coutinho, âncora do programa radiofônico e site de maior audiência na cidade, o Acorda Cidade.

“O que vai sobrar para Colbert?”, indagou o radialista, raciocinando da seguinte forma:

“Se assumir a prefeitura a partir do próximo ano, com a saída de Ronaldo para disputar o Senado, será que Colbert terá recursos para marcar sua gestão com novas obras ou vai apenas pagar as contas das já anunciadas por Ronaldo?”

A pergunta ficou no ar.