“A candidatura de Ronaldo não é da oposição, e sim apenas do DEM”,  reagiu o presidente do PSDB, João Gualberto, após o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, anunciar a candidatura ao governo da Bahia em um evento na CDL de Feira de Santana, no sábado passado.

A candidatura do Prefeito de Feira foi decidida após a desistência do prefeito de Salvador, ACM Neto e pelo que se pode observar das declarações do presidente do PSDB não foi tomada em comum acordo com os partidos  que fazem oposição ao Governo do PT na Bahia.

Além dos tucanos, os peemedebistas até agora também estão fora desse projeto. Além de ser ‘tampão’,  sem PMDB e PSDB a candidatura de Ronaldo sobe ao palco enfraquecida.

É claro que essa é apenas uma fotografia do momento e que o novo candidato já recomeçou as articulações para unir os partidos numa chapa única de oposição.

Se conseguir toma um impulso. Se não…