Somados os valores das ‘renúncias fiscais’ de diversos setores do patronato brasileiro, o que o governo diz que é ‘déficit’ na Previdência torna-se em um ‘superávit’ de mais de 2 bilhões, explica o economista e professor Antonio Rosevaldo em vídeo publicado no seu canal do YouTube:

O economista diz que é sobre isso que se precisa conversar e não jogar o peso de uma reforma nas costas do trabalhador.