O jornalista e secretário de Cultura de Feira de Santana, Edson Borges, acabou com a reeleição para Rei Momo e Rainha da Micareta.

A medida atinge pelo menos um ex-Rei Momo de Feira: o ‘Rei Dilsinho’ que foi Rei pela primeira vez há quase uma década e desde então incorporou o título sendo reeleito algumas vezes e repetido outras tantas tentativas de voltar a ser majestade inclusive disputando o concurso de rei Momo do Carnaval de Salvador.

O secretário sabe o que faz em termos de Micareta. É um micaretesco das antigas. Posso dizer que ele testemunhou mudanças incríveis nessa festa mutante por origem que é a Micareta de Feira de Santana.

Uma delas foi o rompimento do cantor Missinho com o grupo Chiclete com Banana descendo do trio elétrico em plena avenida Getúlio Vargas! Edson estava lá!. Assistiu o maior desenlace artístico da época.

Era o tempo do Hotel Caroá, do Cajueiro,Tênis. Tempo do Baile dos Artistas e do grande ator Aliomar Simas, o Lili Bolero, andando pelas barracas pisando tamancos gigantescos e fazendo performances artísticas. Numa Micareta, num descuido, sumiram os tamancos de Lili! E aí foi o maior barraco. Dizem que os tamancos foram jogados na lagoa do Prato Raso quando ela ainda existia…Pois Edson também estava lá!

Não é uma vivência dessa que vai ser abalada por qualquer ‘reação’ que possa surgir. Até agora nada…mas quem conhece sabe como a Feira é surpreendente nesse sentido…de repente aparece um e joga m. no ventilador…