Bel Pires

Natural de Central, cidade da Chapada Diamantina, vive em Feira de Santana desde os primeiros anos de vida. Pai de Kissa, Maisha e Mosi. Graduado em Historia pela UEFS, mestre e doutor pela UFBA. Mestre de capoeira, coordena o Malungo Centro de Capoeira Angola, entidade cultural que desenvolve trabalhos de capoeira na Bahia e Pará. Professor de Historia da África da UNEB, tem se dedicado aos estudos sobre populações negras, com vários livros e artigos publicados sobre história social da cultura. Membro de redes de pesquisadores de diferentes universidades brasileiras. Seu livro mais recente foi publicado pela Editora Mondrongo, em 2019, sob o título “O urucungo de Cassange: um ensaio sobre o arco musical no universo Atlântico”.