O prefeito de Feira, José Ronaldo, acredita na possibllidade de uma candidatura única da ‘oposição tradicional’ para disputar com o candidato do governo Wagner à sucessão baiana no próximo ano.

Ronaldo chama de ‘oposições tradicionais’ ao leque de partidos que tem o DEM, PSDB e PMDB como expoentes.

A expressão cunhada pelo Prefeito de Feira  diferencia estes partidos e seu possível ‘candidato único’  da  candidatura da senadora Lídice da Mata, pelo PSB, que ainda encontra-se na base do governo Wagner embora com data marcada para sair.

Essa opinião de Ronaldo foi dita na quinta-feira passada, quando anunciou a construção de um Ceasa e um Centro Administrativo em Feira e a viagem oficial à Espanha onde já se encontra, acompanhado dos secretários Carlos Brito, de Planejamento, de Valdomiro Silva, da Comunicação.