O menor de nome Robson, que acusou o vereador do PT de Feira, Pablo Roberto, mulher de iulo oiticicade ser responsável pela ‘tentativa de assassinato’ de que foi vítima no ano passado, encontra-se em Salvador, sob a guarda da Fundacão da Criança e do Adolescente, Fundac.

Robson fugiu do Case Zilda Arns em Feira e dias depois sofreu tentativa de morte, com 12 tiros, mas escapou, ficando hospitalizado e  ‘entubado’ por alguns dias. Ao depor na Polícia, o menor envolveu o vereador do PT no episódio de que foi vítima.

Dias depois, o menor foi transferido para Salvador onde encontra-se em um dos ‘Cases’ (Comunidades de Atendimento Socioeducativo) da capital.

A diretora da Fundac é Ariselma Pereira (foto), mulher do deputado federal Yulo Oiticica, aliado político do vereador Pablo Roberto.