A poesia da estreante Tércia Souza também não se prende a tema 154348_1432177203721272_5670130717472665435_núnico. Os seus “Primeiros ensaios poéticos” falam de amor, de exclusão social, de tecnologia e, sobretudo, de vida.

O cantor e compositor Tonho Dionorina apresentou uma versão musicada de um poema de Tércia, “Eclipse”.

Versos de poemas como “Imundície”, “Transe”,, “Irmandade”,  e “Mudernidade”, foram recitados por um grupo de poetas, o que garantiu um clima especial ao evento.

Durante as sessões de autógrafos, autores e convidados foram brindados ainda com a apresentação do grupo “Chorinho entre amigos” com a participação da cantora Pétala Gomes e Camila Ferreira.