O pedestre no centro de Feira de Santana tem que ser  ‘ousado’ e ‘atrevido’ para poder atravessar as avenidas, mesmo aquelas onde o trânsito é controlado pelos semáforos.

Motoristas mal educados e imprudentes e uma sinalização que privilegia os veículos, ameaçam a vida de quem anda à pé pelo centro desta cidade comercial e varejista por natureza e origem.

O exemplo mais visível é o do cruzamento mais central de Feira: Av. JJ. Seabra com Getúlio Vargas.

Ali, como na maioria das sinaleiras da cidade, os semáforos praticamente não dão tempo aos pedestres de concluírem a travessia e não é raro avistar as pessoas paradas no meio da rua entre os carros que passam em velocidade. Um sufoco.