MARIAEnvolvido numa polêmica com o diretor do departamento municipal de Parques e Jardins, Deodato Peixinho, por causa da espécie de uma árvore (pau brasil ou sibipiruna?) arrancada do canteiro central da avenida Getúlio Vargas, o advogado feirense André Lacerda publicou uma série de fotos com ‘tocos’ deixados nos canteiros e calçadas de grandes avenidas de Feira,  como a Maria Quitéria e a própria Getúlio Vargas.

O resultado deixado pelas fotos é a triste sensação de que as avenidas de Feira sofrem um processo silencioso de desarborização frequente.

Surpreendentemente eles estão em todas as avenidas e são das mais variadas espécies vegetais, desde algaroba a outras menos usadas.

Veja a página de André Lacerda no facebook clique aqui