Clique para ler em PDF

Mau-dia para vocês, Angorá, Todo Feio, Boca Mole, Botafogo, Ferrari, Pólo, Babel, Caju, Justiça, Feira, Gripado, Caranguejo et caterva. Que este domingo, 26 de Março de 2017, seja um dia muito ruim para vocês. Sobretudo para o Amigo, esse cínico farsante que tem engabelado boa parte dos brasileiros ao longo dos anos. Que já deveria – em qualquer país sério seria assim – estar mofando na cadeia. Chefete de uma quadrilha que saqueou o país e suas maiores empresas públicas; que se faz de desentendido e engraçado quando interrogado, sobre suas falcatruas, mocando de juízes e promotores.

Mau-dia para você, empresário bandido, preso, réu confesso, comandante de organização criminosa internacional, pagador de propinas bilionárias a políticos, funcionários públicos em todos os níveis, corruptor de governos. Moço arrogante, estúpido que, segundo seu pai, ampliou desmesuradamente a prática nefasta do suborno que já vinha dos tempos do avô e bisavô. A dinastia da corrupção que, na quarta geração, foi barrada, ceifada por um juiz corajoso de Curitiba e jovens procuradores da República.

Mau-dia para vocês, membros de uma corja da capa preta que procrastinam processos e decisões para favorecer acólitos do grande jogo da CORRUPÇÃO no país. Que, travestidos de doutos, atentam contra a boa Ciência do Direito cometendo pareceres e decisões estapafúrdias, ignominiosas. Vergonha e lástima para a magistratura brasileira.

Estamos cansados de vocês, CORRUPTOS! Do cinismo, que aparece em suas faces; das mentiras e torpezas, que são as suas falas. Dos desmentidos hipócritas dos seus advogados venais comprados regiamente com o dinheiro surrupiado do povo; da farsa que eles encenam frente às câmeras para defender o indefensável; especialistas em forjar fissuras nas tábuas da Lei Maior para livrar da cadeia assassinos, ladrões, CORRUPTOS e malfeitores de todos os naipes. Desavergonhados e desonestos como os seus clientes. Todos tão malignos à sociedade quanto aqueles que lhes pagam com dinheiro sujo, muitas vezes manchados com sangue das vítimas. Mau-dia para vocês também, rábulas desqualificados moralmente que pejam a maioria dos profissionais, os que exercem a advocacia com ética e honestidade.

Mau-dia para vocês, CORRUPTOS, que roubam as verbas dos hospitais públicos e com isso matam doentes, estropiam acidentados, tiram de parturientes e enfermos a chance de atendimento digno. Que desviam recursos da merenda escolar, do salário digno do professor, da assistência e bem estar dos alunos. Calhordas que privam crianças e jovens da educação de qualidade. Salafrários que despudoradamente aumentam impostos para financiar suas gastanças. Assassinos da atividade econômica que provocam desemprego e quebra de empresas. Usurpadores vis do trabalho alheio.

Mau-dia para vocês, CORRUPTOS! Mau-dia porque os brasileiros conscientes iremos nesse domingo declarar que estamos fartos de sermos roubados, enganados, assaltados por vocês. Malta, súcia de desqualificados morais, chicaneiros, trapaceiros. A História mostra que vocês, achacadores do povo, quando ultrapassam o suportável, sofrem na pele a ira dos revoltados, dos indignados, dos justos. Oxalá a magistratura, também conspurcada por elementos CORRUPTOS, nocivos, não favoreça – por omissão e/ou conivência – a violência das ruas. Em terreno inóspito, a democracia é planta tenra, frágil. Cuidemos, pois, dela. Rocemos, ceifemos os CORRUPTOS alijando-os para um monturo estéril, a cadeia. De outra forma, poderemos viver retrocessos.

Bom-dia! Para vocês: Raquel, João, Silvio, José, Maria, Elenice, Carlos, Sebastião, Dora, Carla, Alexandre, Antônio, Ivone, Ivan, carpinteiro, enfermeira, motorista, médico, empresário, policial, bombeiro, advogada, professora, administradora, gari… Bom-dia para todos nós brasileiros, trabalhadores honestos que estamos passando momentos de crise em nosso país por conta desse bando de CORRUPTOS que precisam ser penalizados e afastados do nosso convívio.

Não teremos de volta nosso país se não o fizermos. A hora é agora! É melhor fazê-lo de forma pacífica sob o arbítrio da Lei. De outra forma, cairemos no imponderável. Hoje, domingo, 26 de março de 2017, é o nosso dia. O dia do basta à CORRUPÇÃO. Vamos à rua com ordem e cada vez mais conscientes do Brasil que desejamos. Vamos à rua!

Prof. Teomar Soledade Júnior.
Publicado originalmente em 24 de março de 2017.