o-beco-e-nosso

Sanfoneiros André Galdino Baio, Francisco Bié, Pedrinho do Acordeon, Macalé do Forró, as bandas  Canto de Cerca,  Chuá de Cabaça com Arquimedes, Cesinha dos Olhos D’Água, zabumbeiros, triangueiros, pandeiristas, cantores, músicos e artistas de diversos tons e tendências mas todos  ligados à música nordestina de raiz estiveram ontem (domingo) no evento promovido para homenagear o nascimento (13/12/1912) de Luiz Gonzaga, o Gonzagão, no Beco da Energia em Feira de Santana.

o-beco-e-nosso-macale-do-forro

O evento foi promovido pelo projeto de cultura de rua #OBecoÉNosso, cujo idealizador e coordenador é o artista Márcio Punk.  Este foi o segundo ano que o Beco homenageou o Rei do Baião.

o-beco-e-nosso-prefeito-de-feira

#OBecoéNosso já foi contemplado em editais de cultura e tornou-se um ‘movimento cultural’ institucionalizado na cidade e voltado, especialmente,  para privilegiar e valorizar os  espaços públicos e os artistas populares.

Foto 1Arquimedes Nascimento e Cezinha dos Olhos D’água (em primeiro plano) formam a banda Chuá de Cabaça.

Foto 2 : Macalé do Forró e banda

Foto 3 : Prefeito de Feira, José Ronaldo (camisa azul), observa as intervenções dos artistas Jorge Galeano e Juraci Dórea nas paredes do Beco.

Leia também:

Artistas comemoram aniversário de intervenção no Beco da Energia

Alegria no Centro de Abastecimento com a volta de Bié

André Galdino Baio, o sanfoneiro de Feira que ganhou uma ‘sanfona branca’ de Gonzagão