A professora Ana Angélica Moraes, uma das figuras homenageadas na Feira do Livro em Feira de Santana (Flifs), solicitou ao prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, a inclusão de recursos para a Flifs no Orçamento Geral do Município para 2019.

A reivindicação da professora que dá nome a um dos espaços de convivência da Feira do Livro na praça padre Ovídio, foi feita durante a abertura do evento, no último dia 26, com a presença de Colbert.

O prefeito recebeu a sugestão de maneira positiva mas não se comprometeu.

A Prefeitura de Feira contribui com a Feira do Livro através de Vale Livro e pagamento de cachês de alguns dos artistas que se apresentam no evento.

Nesta 11ª Feira do Livro a Prefeitura investiu 100 mil reais com vale livro para escolas municipais que se cadastraram previamente. Nem todas as escolas municipais estão cadastradas.