Ana, Chica do Pandeiro e Maryzelia sãos as yabás do samba-de-roda do Sertão e do Recôncavo que no próximo dia 1 de março, uma sexta-feira de Oxalá, baixam no Largo do Pelourinho com todo o talento e grande bagagem musical e simbólica.

Chica do Pandeiro foi inspiração de Coleirinho da Bahia para fundar o Grupo Quixabeira da Matinha, em Feira de Santana, onde hoje ela pontua como matriarca do samba-de-roda sertanejo e rural.

Dona Ana vem do Samba de Roda de Dona Dalva com todos força e o peso de uma tradição legítima do povo de Cachoeira, no Recôncavo baiano.

E Maryzelia, yabá da cidade de Feira de Santana que há meia dúzia de anos marca presença baiana na cena do mais moderno e prestigiado samba carioca.

Essas são as três mulheres do samba.