Na terceira missão internacional na China, iniciada ontem, o governador Rui Costa viu de perto a tecnologia da empresa  Face Plus Plus empregada no reconhecimento facial.
A empresa chinesa apresentou o portfólio de serviços à comitiva do Governador  e revelou interesse em participar da licitação do Governo do Estado que visa à contratação do serviço de reconhecimento facial para a área de segurança em 55 cidades baianas.
A licitação, explicou Bruno Dauster, deve ser lançada ainda neste primeiro semestre de 2019.
Atualmente, um projeto piloto da também chinesa Huawei está em execução na capital baiana.
Para além da segurança pública, os diretores da Face Plus Plus apresentaram ao governador softwares que permitem, a partir da leitura do algoritmo do rosto, o controle de frequência de alunos em uma escola.
Na oportunidade, Rui também destacou o interesse no serviço de leitura inteligente de placas de carro para identificação de carros roubados ou com tarifas em atraso.