Falta apenas cerca de  1 milhão de reais para completar os 13 milhões que a Prefeitura de Feira de Santana deve pagar ao consórcio que constrói e vai administrar o shopping popular em área no Centro de Abastecimento.

Os 13 milhões são a contrapartida da Prefeitura que além disso cedeu a área do Centro de Abastecimento para a construção do empreendimento.

O pagamento vem sendo feito, há dois anos, em parcelas com valores desencontrados, ao que parece obedecendo ao cronograma e desenvolvimento das obras.

Esses dados são do Tribunal de Contas dos Municípios e foram analisados para o Blog da Feira pelo economista e professor universitário Antônio Rosevaldo.

Além desses 13 milhões, a Prefeitura também pode aportar mais recurso público para as empresas do shopping, de acordo com autorização concedida pela Câmara de Vereadores. Segundo estimativas, a Prefeitura ainda pode dispor para o Consórcio Feira Popular a quantia de mais 18 milhões.