Marta Rodrigues, líder do PT na Câmara de Vereadores de Salvador, denunciou hoje “racismo religioso” em atos de vandalismo em monumentos ligados à cultura afro.

Ele cobrou a imediata restauração de monumentos danificados, como a estátua do quilombola Zumbi dos Palmares.

Segundo a vereadora do PT, o poder público não pode passar a culpabilizar a população e se eximir de preservar a história e a herança afrodescendente da cidade.

Marta é presidente da Comissão de Direitos Humanos e Democracia . Ela apontou descaso com monumentos da cultura afro espalhados pela cidade.

Um dos orixás do Dique amanheceu sem o braço, num caso que merece ser investigado, porque tudo leva a crer que foi um ato de racismo religioso”, disse ela.

Registramos casos constantes, como as depredações a estátua de Mãe Stella de Oxóssi, o Monumento de Mestre Didi, no Rio Vermelho, e a Estátua de Zumbi dos Palmares. Ninguém vê, por exemplo, o Cristo da Barra tendo uma parte arrancada ou a Praça da Bíblia sendo depredada, com a mesma frequência”, provocou.

fonte: Ascom/ Ver. Marta Rodrigues