O juiz de direito Gustavo Rubens Hungria, da Segunda Vara da Fazenda Pública em Feira de Santana, convocou nova audiência, para o próximo dia 17, com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana e o Colégio Helyos sobre o processo envolvendo a construção de passarelas entre prédios da instituição educacional.

Em despacho emitido no dia 5, Hungria cita o jurista Nelson Nery Junior e afirma que sentença proferida sobre o processo movido pelo Helyos  “necessita de esclarecimentos a fim de corrigir eventuais inexatidões“.

Ele também determinou “a juntada da nota publicada pelo autor aos autos” e designou audiência “a fim de promover negócio jurídico processual entre as partes”.

Leia o despacho completo:

LEIA TAMBÉM:

Colégio Helyos esclarece sobre as passarelas, Secretaria de Obras de Feira de Santana e decisão judicial