Em despacho emitido ontem, o juiz Gustavo Hungria, da Vara da  Fazenda Pública em Feira de Santana, cancelou audiência que convocou para esta terça-feira,17, entre o Colégio Helyos e a Prefeitura de Feira de Santana para tentar uma conciliação sobre as passarelas construídas entre prédios da instituição educacional.

p

Dessa maneira, o juiz mantém a sentença anterior, que permite a derrubada das passarelas caso a Prefeitura não conceda alvará em 120 dias. O Colégio vai recorrer ao Tribunal de Justiça da Bahia.

PARA ENTENDER O CASO LEIA TAMBÉM:

Juiz Gustavo Hungria marca nova audiência com o Colégio Helyos e Prefeitura de Feira para tentar acordo sobre passarelas

 

Colégio Helyos esclarece sobre as passarelas, Secretaria de Obras de Feira de Santana e decisão judicial