Feira: 5 prioridades para a Saúde

getuli ovagas

1)      Construção de um grande “Hospital Metropolitano de Feira de Santana”.

2)      Elaboração e Execução de um “Plano Metropolitano de Saúde Preventiva e Medicina Botânica”

3)      Transformação de postos de saúde em Policlínicas.

4)      Programa Municipal de Reeducação Alimentar e Combate ao Desperdício

5)      Criação dos  Conselhos de Saúde dos Bairros

Jânio Rêgo

Leia também:

Feira: cinco prioridades

Vereadores homenageiam pastores da Assembleia de Deus em Feira

Titulo de Cida Sr Josias Silva Costamenda Maria Quiteria Sr Reinaldo Alves Portugal 29 08 2014 (1 (1)Dois pastores da Igreja Assembleia de Deus foram homenageados pela Câmara de Vereadores de Feira de Santana esta semana.

O  pastor Reinaldo Alves Portugal recebeu a Comenda Maria Quitéria e o pastor Josias Silva Costa  o Título de Cidadão Feirense. O autor da proposta foi o vereador conhecido como Robeci da Vassoura.

O pastor Reinaldo Alves Portugal é 1º vice-presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Feira de Santana. Josias Silva Costa atua como pastor na Igreja Assembleia de Deus há 18 anos. É bacharel em Teologia, pós-graduado e professor de Teologia. Atualmente, é pastor presidente do campo da Matinha no município de Feira de Santana.

Jhonatas diz que é ‘negro, socialista’ e mora na Queimadinha em Feira

10464244_790303074325941_2871835607964596444_nUm dos panfletos distribuídos na rua e postados nas redes sociais pela campanha do professor Jhonatas Monteiro para deputado estadual na Bahia contém a sua biografia.

“Cresceu e mora na Queimadinha, um dos maiores bairros populares de Feira de Santana, experiência importante na sua formação como  negro e socialista” diz um trecho do documento.

Leia mais sobre Jhonatas clique aqui

Wagner e Ronaldo inauguram Avenida Nóide Cerqueira em Feira

noide

As obras da Avenida Nóide Cequeira, no município de Feira de Santana, que beneficiam mais de 500 mil pessoas, foram entregues na manhã desta quinta-feira (28) em cerimônia com a presença e familiares do advogado, empresário e político feirense, Nóide Cerqueira, falecido em 1995, do governador Jaques Wagner e do prefeito de Feira, José Ronaldo.

Na ocasião, Wagner autorizou a licitação para a construção do viaduto que liga a Avenida à BR 324, um investimento de R$ 12 milhões para facilitar o retorno a Salvador

Ele informou ainda que o Governo do Estado pretende construir, em breve, um novo retorno, com acesso à Feira de Santana pela BR-324, localizado a pouco mais de dois quilômetros da Avenida Nóide Cerqueira.

Bicho do Tomba: mais de 130 aves na fauna do Parque da Lagoa

Academia da Terceira Idade Parque da Lagoa Foto Arivaldo Publio (3)São patos, marrecos, gansos, galinhas e galos que correm de um lado para o outro do local também conhecido como Parque do Geladinho, alusão à antiga lagoa onde o equipamento público foi construído.Além das aves, que dão um colorido especial ao local e fazem a alegria da criançada, vários peixes são criados no lago. Alguns com mais de dez quilos são atrações do parque.

Todos os dias dezenas de pessoas os alimentam. Outras dezenas de pássaros usam a ilha como refúgio, dormitório ou local para procriação.

Aves da espécie conhecida como galinha d’água, antes tidas como arredias, hoje já se adaptaram à presença humana. Funcionários encontram ninhos na ilha.

Recentemente foram vistos dois ninhos de martim-pescador. Duas galinhas estão chocando mais de 20 ovos. Portanto dentro de mais alguns dias esta população vai aumentar.

Leia mais no Bicho do Tomba clique aqui

Polícia Militar da Bahia no cinema nacional: ‘Trampolim do Forte’

trampolim-do-forteA Polícia Militar da Bahia volta às telas dos cinemas em mais um filme.

Há alguns anos foi retratada no clássico “Ó paí, ó” como instituição composta por homens que são “como papel higiênico: quando não estão enrolados, estão na m…”, nas palavras de um personagem. O roteiro apresentava um PM que aceitou recompensa de comerciantes para matar menores infratores que agiam no Centro Histórico.

Tempos depois, “À beira do caminho” mostra uma abordagem da CIPE-Caatinga onde, na busca feita em um caminhão, um revólver deixa de ser apreendido, pois estava sendo portado por uma criança que não foi revistada.

Chegou a vez de “Trampolim do Forte” mencionar a Polícia Militar da Bahia.

Encarnada nas figuras do Cabo Cassiano e Cabo Consciência, a corporação surge logo no início do filme, não sendo simbolizada por viatura padrão ou brasão institucional, mas valendo-se da inconteste representação do uniforme.

A primeira cena mostra o Cabo Consciência dormindo no comando de uma guarnição, com seu parceiro encontrando alguma dificuldade para acordá-lo e atender a ocorrência envolvendo um menor.

Instantes depois, a dupla espanca uma criança e subtrai o dinheiro que ela havia obtido por via criminosa.

Após algum tempo, os dois são vistos novamente juntos, fardados, negociando um volume de maconha com um criminoso. Há tempo ainda para uma nova aparição, em abordagem violenta contra o infrator mirim, e o gran finale fica por conta da imagem de falso herói do Cabo Consciência.

O enredo gira em torno do suspeito Tadeu, que violentava menores em Salvador. Um dos infratores o encontra em flagrante, atira contra o acusado, mas quem recebe homenagens como autor da façanha na mídia é o Cabo Consciência.

Antes que o fervor das paixões tome conta das discussões, defendendo cegamente a honra da instituição ante ao que, para alguns, é uma ofensa grave, é preciso observar se o modo como a corporação foi retratada não é algo sintomático.

A arte imita a vida, colhe-se dessas formas de expressão uma referência de como o órgão tem sido visto por muitos de fora, algo imprescindível para escapar da questionável impressão que a propaganda oficial acaba induzindo a crer.

Quantos são os Cabos Consciências em meio à tropa? O que tem sido feito para combatê-los, livrando os bons servidores do comparativo com uma referência tão desprestigiosa?

Em vez de encarar a realidade, vai ter gente querendo retaliar os produtores, como se estivessem encenando um devaneio.

Victor Fonseca/ Abordagem Policial

Arcebispo de Feira, Dom Itamar Vian, completa 74 anos de idade

Itamar Vian feiraO Arcebispo católico de Feira de Santana, dom Itamar Vian, completa 74 anos de idade.  nesta quarta-feira (27).

Itamar veio para Feira em 1995,substituir Dom Silvério. Antes ele era Bispo na Diocese de Barra, na margem do Rio São Francisco.

Com Dom Itamar a Diocese tomou um impulso muito grande em todas as áreas da Igreja tornando-se Arquidiocese em 2002 por decreto canônico de João Paulo II.

Um dos grandes ‘saltos’ promovidos por Itamar foi a consolidação da Universidade Teológica, instalada no bairro do Papagaio, onde hoje estão edificados mosteiros, conventos, centros de treinamento e seminários diocesanos de municípios da abrangência da Arquidiocese sertaneja.

O Arcebispo de Feira é graduado em Comunicação Social, escritor com diversos livros temáticos já publicados, inclusive um sobre a greve de fome do bispo que lhe sucedeu em Barra, dom Cappio.

Leia mais sobre dom Itamar clique aqui

Avenida Nóide Cerqueira: ‘joia rara’ do Governo do PT em Feira

noide cerqueiraNesta quinta-feira, 28,  pela manhã, o governador Jacques Wagner vem a Feira de Santana para inaugurar uma espécie de ‘joia rara e valiosa’ do Governo dele nesta cidade: a avenida Nóide Cerqueira.

‘A Nóide’, como o feirense já chama a extensão da avenida Getúlio Vargas que se encontra com a rodovia  BR-324 à altura do Parque de Exposição, é a obra mais visível, e finalizada (ou quase…clique aqui) , do Governo do PT em Feira de Santana, depois do elogiado Hospital Estadual da Criança (HEC).

Com as obras de urbanização da Lagoa Grande ainda aos solavancos,  o Centro de Convenções e o Aeroporto apenas voando na imaginação popular, o Governo Wagner tem na Nóide o ‘gancho’ mais concreto para pedir votos para o candidato do PT à sucessão estadual, Rui Costa.

E é isso que o governador Jaques Wagner fará, direta e indiretamente, nesta quinta-feira ao dar por aberta oficialmente a mais nova avenida da Feira.