×



Notícias da zona rural e distritos de Feira de Santana

O aço contorcido moldado pelas ferramentas do arquiteto Danilo Freitas deu forma a escultura do vaqueiro montado a cavalo que, ao ser observado em diferentes ângulos, mostra estar em movimento. A peça será instalada na rua Olímpio Vital, substituindo o antigo monumento que se desgastou com o tempo. Vencedor do prêmio Cultura de Arte Popular,

Tomé e Honória, uma história de amor quilombola

Tomé e Honória fugiram da fazenda Candeal onde eram escravos e instalaram-se próximo à uma lagoa no meio da matinha onde lhe aguardava uma vida de liberdade e trabalho livre. Dessas fugas daquela fazenda escravagista formou-se a maior parte das famílias que habita a área delimitada hoje como distrito rural do município de Feira de

Candomblé em Candeia Grossa da Matinha

Procurei Mãe Graça para tirar uma dúvida que me veio com a tragédia da morte de três pessoas eletrocutadas no povoado de Candeia Grossa, destacada pela imprensa local há alguns dias. Um homem e duas mulheres morreram quando um mastro metálico da bandeira branca de um terreiro de Candomblé caiu sobre a fiação elétrica da

O Tanque da Matinha e o Samba-de-Roda

O ‘Tanque da Nação’ foi o maior deles. Abasteceu a própria cidade de Feira de Santana. Nas suas origens foi ponto da bebida de água para os animais que transitavam por essas paragens comerciais de outrora. A pecuária, no centro da história. Um olho d’água muito forte, o gado ia beber, fazia lama, e os

Vela acesa para Maria Quitéria em Tiquaruçu

Feira de Santana é “Princesa” e Maria Quitéria por aqui é “Rainha”. O nome da heroína da orgulhosa “Independência da Bahia” está em quase tudo no município. É o nome do distrito rural onde ela nasceu, é uma das grandes avenidas radiais da cidade, escolas, praças, e até o prédio do Paço Municipal (a Prefeitura)

Um lugar em Feira chamado Formiga

A ‘Estrada do Carro Quebrado’, que começa depois de São José das Itapororocas, povoado sede do distrito rural de Maria Quitéria em Feira de Santana, divide-se em duas no lugar chamado ‘Germano’. Ali há uma igreja e uma escolinha e dali você escolhe: à esquerda  vai para o Ovo da Ema e o Saco do
Mais de 160 famílias vivem hoje em lotes de terras, distribuídos pelo MST (Movimento dos Sem Terra) na Fazenda Experimental Mocó que pertenceu à EBDA (Empresa Brasileira de Desenvolvimento Agropecuária do Bahia) extinta pelo Governo da Bahia em 2016. Com cerca de 20 crianças e diversos jovens em idade escolar, a Associação Rural Comunitária ‘Estrela

Casarão de São Vicente de Tiquaruçu

Arthur Mota era o bam bam bam de Tiquaruçu. Fazendeirão,  rico comerciante de fumo naquele tempo em que essas plantações se expandiam pelos sertões, fortalecendo a economia, sendo o fumo o boi do pobre e os armazéns em Feira de Santana os símbolos desse comércio forte. São Vicente  é um arruado antigo e histórico. Na

Distritos rurais e bicicletas

Dois temas ganharam realce e  espaços inusitados na campanha eleitoral deste ano em Feira de Santana: os distritos rurais e as bicicletas. Não que eles fossem esquecidos completamente em campanhas anteriores, mas nessa ganharam relevo na abordagem e propostas. Os distritos sempre foram decisivos eleitoralmente em Feira. O advogado do Banco do Brasil, José Falcão
Dona Rosa Maria Esperidião Leite foi uma distinta e respeitável senhora da elite da sociedade feirense, mãe da ex-vereadora em Feira de Santana  e ex-deputada estadual Eliana Boaventura. A Escola Municipal na sede do distrito rural da Matinha tem o nome dela. Com o recente falecimento da professora  Pulquéria de Freitas Araujo Serra, com quase
TOP